Salário-educação deve repassar R$ 12,2 bilhões a estados e municípios neste ano.

FNDE - 10/02/2015



Os repasses da quota estadual e municipal do salário-educação devem crescer 11,9% este ano em relação a 2014. Segundo estimativa publicada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), nesta segunda-feira (9), no Diário Oficial da União, a transferência de recursos deve atingir R$ 12,2 bilhões em 2015 – no ano passado, foram repassados R$ 10,9 bilhões.

No total, as redes estaduais e distrital devem receber R$ 5,7 bilhões e as municipais, R$ 6,5 bilhões. Destinado ao financiamento de programas voltados à educação básica pública, o salário-educação é recolhido de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. A alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento.

Após a arrecadação, cabe ao FNDE repartir os recursos, sendo 90% em quotas estadual/municipal (2/3) e quota federal (1/3), e 10% para serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica.

Distribuída com base no número de matrículas no ensino básico, a quota estadual/municipal é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação. Já a quota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento da educação básica, com o intuito de reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Confira a Portaria do FNDE nº 39/2015.

INFORMATIVO

MEC repassa R$ 900 milhões para transporte escolar, obras e equipamentos em todo o país Data: 03012017

Área restrita



Endereço:
Rua: Rua Rodrigues Alves , 907
Lins - SP
Links:
Certidões
Quem Somos
Fale Conosco
Fale conosco:
  • (14) 3522-4233
  • (14) 3025-1078